Rua: Sátyro Coelho, S/nº - CEHAP 1 / Alagoa Grande - Paraíba - Tel. (83) 9|9819 - 1909; 9|9149 - 3893 e 9|8215 - 1919 (whatsapp)

quarta-feira, 11 de outubro de 2017

Comunhão, testemunhos, louvor e a mensagem marcam grupos familiares da CEPEA

Camunhão, testemunhos, louvor, Palavra de Deus e oração. É o que tem acontecido nos grupos familiares realizados pela Comunidade Evangélica Pentecostal Expressão de Amor (CEPEA) na cidade de Alagoa Grande-PB.

Na noite desta terça-feira (10), aconteceram mais três pequenos grupos: Rua Padre Belízio, na residência da irmã Marleide; na João Nepomucena, na casa da diaconisa Maria de Fátima e na residência de Maria Melo. O grupo liderado pela irmã Daniela está “parado” enquanto ela se recupera a sua saúde. Os participantes do grupo dela estão participando do PG liderado pela diaconísia Maria de Fátima.

O estudo desta terça-feira versou sobre a oração do profeta Habacuque (3:17-19), quando ele destacou os problemas envolvendo Judá, que cometendo constantes pecados.

Comunhão, testemunhos, louvor, Palavra de Deus e oração. É o que tem acontecido nos grupos familiares realizados pela Comunidade Evangélica Pentecostal Expressão de Amor (CEPEA) na cidade de Alagoa Grande-PB.
Na noite desta terça-feira (10), aconteceram mais três pequenos grupos: Rua Padre Belízio, na residência da irmã Marleide; na João Nepomucena, na casa da diaconisa Maria de Fátima e na residência de Maria Melo. O grupo liderado pela irmã Daniela está “parado” enquanto ela se recupera a sua saúde. Os participantes do grupo dela estão participando do PG liderado pela diaconísia Maria de Fátima.
O estudo desta terça-feira versou sobre a oração do profeta Habacuque (3:17-19), quando ele destacou os problemas envolvendo Judá, que cometendo constantes pecados.

Os grupos familiares não são novos. Eles fazem parte de um trabalho realizado no primeiro século, quando as reuniões aconteciam nos lares, onde aconteciam oração, estudos da Palavra, louvor, testemunhos e muitos mais.

Antigo prédio da Quadrangular é utilizado agora pela CEPEA

|Os membros da CEPEA agradecem a compreensão da pastora Tereza em ceder o templo 
A Comunidade Evangélica Pentecostal Expressão de Amor (CEPEA), está funcionando, temporariamente, no antigo prédio da Igreja do Evangelho Quadrangular, no Conjunto Manoel Raimundo, em Alagoa Grande.

A mudança de endereço foi “forçada” pela reforma que está feita no prédio sede da CEPEA enfrente à Praça do Conjunto CEHAP 1, próximo ao CAIC.

Durante um mês e 15 dias, a CEPEA estará realizando seus cultos no local onde funcionava a Igreja Quadrangular, dirigida pela pastora Tereza, que, residindo atualmente em São Paulo, cedeu o local sem Ônus para a Comunidade Evangélica Pentecostal Expressão de Amor.

O pastor Gomes Silva, líder da CEPEA, agradeceu de público a atitude da missionária em ceder o espaço.

“Somos gratos a Deus e a irmã Tereza, que pastoreou a Igreja Quadrangular em Alagoa Grande. Ela foi muito atenciosamente ao nosso pleito e cedeu o espaço para que CEPEA realizar suas atividades”, destacou o reverendo Gomes Silva.

Ele informou que a igreja está funcionando com cultos às terça, às 15h, culto da hora nona; às quintas-feiras, 19 horas, culto de oração; domingo pela manhã – EBD, e à noite, as 18h, tem o culto de louvor e adoração a Deus.

CEPEA está passando por reformas; inauguração será em novembro


Quem conheceu o prédio onde funciona a Comunidade Evangélica Pentecostal Expressão de Amor (CEPEA), em Alagoa Grande, nem imagina como ele está ficando com as reformas que está recebendo.

Pela previsão do senhor Henrique, dono do prédio, a reinauguração do local como sede de igreja acontecerá no mês de novembro, possivelmente na festa de aniversário da União Feminina Expressão de Amor (UNIFEA).

REFORMA

Todo o prédio está passando por uma fase de melhoramentos. A começar pelo teto, que será em estrutura metálica. Todas as paredes que separavam a igreja das lojas de conveniência foram demolidas. Isto significa dizer que a CEPEA funcionará num espaço de 20 de comprimento por 8,50 metros de largura.

De acordo com o pastor Gomes Silva, responsável pelo projeto da reforma, embora não seja arquiteto com formação universitária, a CEPEA vai ter uma área de culto de 12 metros de comprimento por 8,50 metros de largura. Já o espaço do altar será de 5,50 de largura por 2,40 metros.

“Sabemos que vai demorar a concluir todos os trabalhos da reforma do prédio. Contudo, já vamos realizar esse momento tão significante para algumas crianças”, disse o reverendo cepeano.

Mas não é só isso. Pelo projeto, a igreja terá uma cozinha de 2,90 por 3,20 metros; dois sanitários, uma área para guardar mesas; uma sala de 4,50 metros de largura por 2,50; e uma sala para funcionamento do gabinete pastoral e de guarda de instrumentos cujo espaço será de 3,80 por 2,0, além de dois sanitários (masculino e feminino).

Da Redação



sexta-feira, 6 de outubro de 2017

EU NASCI PARA VENCER

Texto: JUÍZES 11:1-11
Pr. Gomes Silva

INTRODUÇÃO:
A certeza de uma vida vitoriosa é algo que nunca pode sair do coração do homem. A cada manhã devemos acordar e declarar: “Eu nasci para vencer com Cristo Jesus” – “Deus me criou para vencer em Jesus Cristo”. Muitos creem em Deus, creem até em outras pessoas, mas não crê em si mesma. Não consegue se ver com os olhos de Deus.
Nós temos aqui uma lição de vida; uma história para a gente refletir no texto que lemos nesta noite sobre a vida de Jefté:

QUATRO INTERPRETAÇÕES BÍBLICAS PARA UMA VIDA DE VITÓRIA.

I.  - DEUS VÊ EM NÓS QUALIDADES QUE NINGUÉM VÊ V.1ª ...
Era, então, Jefté, o gileadita, homem valente e valoroso... – 1Samuel 16:7
Para as pessoas e até mesmo seus irmãos, Jefté era apenas um bastardo filho de uma prostituta. Mas Deus nos vê de uma forma diferente;
Para Deus Jefté era um homem valente e valoroso.
É assim que Deus te contempla, alguém valente e valoroso.
Você nasceu para vencer!!!

APLICAÇÃO
Por maiores que forem as dificuldades, acredite também em si mesmo?
Deus pode fazer de você um grande vencedor.

II. SE VOCÊ VEIO AO MUNDO DEUS TEM UM PROPÓSITO EM SUA VIDA. v.1b ...
O seu pai era Gileade; a sua mãe era uma prostituta... – 1 Coríntios 1:27-28
a) Não importa seu passado
b) Quem você foi, quem são seus pais.
c) Deus tem um propósito em sua vida.
Talvez nem o próprio Jefté cria que Deus pudesse usar sua vida. Mas Deus não olha nosso passado para decidir nosso futuro.

APLICAÇÃO.
O que tens a fazer é conhecer o proposito de Deus para a sua vida. Ele tem o melhor para você.
  • 1.    Propósito de ser glorificado por você;
  • 2.    Conceder paz e alegria ao seu coração;
  • 3.    Dar a você a vida eterna através de Jesus Cristo

III. TODO HOMEM DE DEUS TAMBÉM PASSA POR UM TEMPO DIFÍCIL. V.2-3
a) Embora sendo um homem valente e valoroso, Jefté  passou por um tempo muito difícil.
b) Ele foi humilhado pelos líderes da cidade e até pelos próprios irmãos.
c) Mas precisamos entender que em tempos difíceis temos que continuar confiando em Deus e em nós mesmos.
d) Se você estiver passando por este tempo difícil fique firme, pois a Palavra de Deus diz: ...o meu povo não será envergonhado para sempre....(Joel 2:27)...em lugar da sua vergonha terão dupla honra....(Isaías 61:7)

APLICAÇÃO
Deus permite passarmos por adversidades na vida por diversas razões
  • 1.    Firmar você nos caminhos dele;
  • 2.    Provar a sua fé;
  • 3.    Colocar você constantemente na presença dele.


IV.  A SUA HORA VAI CHEGAR, DEUS ESTÁ TE PREPARANDO PARA GRANDES CONQUISTAS: v.4-6, 32
a) Deus está te preparando para grandes conquistas.
b) Um exemplo é o próprio Jefté.
1. Depois dele ter passado por momentos difíceis, Deus o levantou como um grande Juíz em Israel.
2. Assim será com você; a sua hora está chegando e Deus vai te abençoar poderosamente!!!

APLICAÇÃO
O segredo para permanecer firme em meio às adversidades é confiar em Deus.
  • 1.    Acreditar
  • 2.    Crer no Senhor Jesus Cristo
  • 3.    Entregar a Deus. Entregar o que? O seu “EU”
  • 4.    Esperar no Senhor – Sl 27:14


CONCLUSÃO:
Meu querido ouvinte da palavra de Deus:
Você nasceu para vencer em Cristo Jesus;
Por isso, por mais dificuldades que você encontrar na sua caminhada, não desista do Senhor.
Não importa o seu passado, não importa o que as pessoas falam sobre você

Siga em frente, e acredite em sí mesmo, porque Deus acredita em você e tem um lindo plano pra sua vida!


TEXTO: JESUS É O CAMINHO SEGURO. TEXTO: João 14:2-6.  DATA: 03.10.2017

INTRODUÇÃO
Estamos começando hoje mais uma sequencia de estudos através dos grupos familiares, abordando a pessoa do Senhor Jesus Cristo, em quem está a esperança para um novo tempo, novas possibilidades e um novo caminho – e seguro - para sua vida.

Por que Cristo é o caminho seguro?

1. PORQUE ELE LIVRA SEU POVO DO CAMINHO MAL
“Do Senhor vem o livramento. A tua bênção está sobre o teu povo” (Salmos 3:8). Ele é como um farol que brilha sobre nós quando estamos na escuridão.
Quais os piores caminhos que você já trilhou na sua vida?

2. PORQUE ELE NUNCA DEIXARÁ DEIXA SÓ UM SERVO SEU
“O Senhor protegerá a sua saída e a sua chegada, desde agora e para sempre” (Salmos 121:8). Não importa a situação ou circunstância, ainda que você sinta que suas forças se esgotaram, creia, tudo vai mudar!
Compartilhe uma situação de solidão em que Jesus veio ao seu encontro?

3. PORQUE ELE REFAZ O CAMINHO TORTO DO NOVO CONVERTIDO
“Chegai-vos a Deus, e ele se chegará a vós. Limpai as mãos, pecadores; e, vós de duplo ânimo, purificai os corações” (Tiago 4:8). Sabemos que existem pessoas que passam a vida inteira fingindo ser o que não são. Usam máscaras perfeitas diante de todos, porém, jamais enganarão a Deus.
Você concorda com Alexander Graham Bell quando disse: “Nunca ande pelo caminho traçado, pois ele conduz somente até onde os outros já foram”?

CONCLUSÃO
Portanto, aprendamos o seguinte: Jesus Cristo foi preparar lugar para todos aqueles que haveriam de nascer da água e do Espírito. Até a chamada para viver a eternidade com Ele, Cristo vai livrando seus seguidos do mal, acompanhando-os em suas caminhadas e refazendo a vida daqueles que aceitarem mudança pela Palavra e pelo lavar regenerador do Espírito Santo.

Todo grupo deve se envolver em três aspectos:
1. Evangelizar (Mc. 16.15). Essa é uma tarefa que a igreja deve cumprir com muito empenho. O Espírito Santo capacitará quem se colocar a serviço do Reino de Deus.
2. Ensinar (Mt. 28.20). Tão importante quanto gerar é cuidar. Cuidar de várias formas.
3. Treinar (2 Tm. 2.2). Precisamos ter em mente que nos grupos familiares formaremos homens e mulheres aptos para a liderança. Não só para os PG, mas também para a igreja.


Ore para que todos da sua célula desfrutem de uma família igreja

CUIDE BEM DO SEU CORAÇÃO

TEXTO: Provérbios 4.23-27. DATA: 26.09.2017

Introdução - No Livro de Provérbios ou Sábio Reis Salomão dá ao seu filho inúmeros conselhos que têm pelo propósito de fornecer sabedoria e entendimento para que ele seja também sábio e prudente na maneira de pensar, falar, agir. Estes ensinamentos continuam vivos e eficazes ensinando-nos como devemos viver a vida cristã.

DESENVOLVIMENTO

1 - Guardando o coração acima de tudo: v. 23 - Para termos uma vida que agradeça a Deus, devemos buscar uma pureza da nossa mente. Por isso, resolva o nosso coração para não cedermos aos desejos impuros, venha o nosso coração é mais enganoso do que todas as coisas (Jr 17.9). Além disso, o mal procede do nosso coração também (Lc 6.45)

2 - Afastando a maldade dos lábios: v. 24 - Uma língua e um membro do nosso corpo mais difícil de ser controlado. O Ap.  Tiago afirma que ela é indomável (Tg 3: 5-12). Como palavras que saem da nossa boca podem gerar bênção ou maldição (Pv 18.21). Por isso, devemos refrear a nossa língua do mal (Sl 34.13).

3 - Olhos que olham com firmeza: v. 25 - Jesus ensinou que são nossos olhos para ser bem para todo o nosso corpo luz (Mt 6.22). A Bíblia ensina que devemos manter nosso olhar "firme" em Jesus, pois Ele é o autor e consumador da nossa fé (Hb 12.2)

4 - Ponderando a vereda dos pés: v. 26 - Devemos sempre meditar e orar antes de agirmos. Nunca devemos agir de maneira intempestiva. Erramos quando não entregamos o nosso caminho nas mãos do Senhor confiando no seu amor e poder. No versículo 18 Salomão afirma que A Bíblia ensina que "a vereda do justo é como uma luz da aurora que vai brilhando mais e mais até ser perfeito".

5 - Ande pelos princípios da Palavra de Deus: v. 27 - Andar pelos caminhos do Senhor, que trarão vida em abundância, paz e prosperidade, é uma decisão pessoal, uma atitude de mudança de vida, deixando uma vida derrotada e optando pela vitória em Cristo Jesus.


Conclusão
Pureza de mente, sinceridade no falar, firmeza no olhar e cautela no agir são conselhos da Bíblia que o ajudarão a viver bem consigo mesmo, com pessoas que convivem com você e acima de tudo, com o Senhor nosso Deus.


Quais os propósitos do grupo familiar da CEPEA?

Edificar igreja, baseada em relacionamentos e na família; alcançar aqueles que ainda não tiveram a oportunidade de receber o nosso Senhor Jesus Cristo como seu Salvador; discipular e amparar como membros de uma mesma família; oportunizar não somente a conversão, mas integração, crescimento e amadurecimento espiritual (escrito pelo “amigo”).

O PREÇO PARA RECEBER A VISÃO

Texto: Marcos 8:22-26. DATA: 19.09.2017

INTRODUÇÃO – Dezenas de pessoa foram salvas na CEPEA nos últimos anos através do trabalho de evangelização por meio dos grupos familiares. Hoje, todos são desafiados a se tornarem líderes e viverem a visão. O que se percebe, porém, é que muitos recebem a visão em seu espírito e se movem por ela alegremente, enquanto alguns não a recebem (simplesmente a obedecem ou nem isso). Vamos entender através da ilustração do texto que lemos o que é necessário para recebermos a visão de GF

1) QUEBRANTAMENTO PARA SER GUIADO - vs. 22 - Aquele cego foi levado a Jesus (a Fonte da Visão) por alguém que conhecia o caminho (já tinha a visão). Assim nós, precisamos ser quebrantados o suficiente para aceitarmos a influência de uma pessoa e nos deixarmos guiar por ela (meu consolidador, meu líder do GF, meu discipulador).

2) DISPOSIÇÃO PARA DEIXAR A VELHA ROTINA E A VELHA MENTALIDADE - vs. 23a - A primeira coisa que Jesus fez foi tirar o cego da aldeia, do lugar onde ele estava acostumado a viver sem visão. Nós também temos que ter essa disposição para mudar nossos hábitos, nossa agenda, nossa mentalidade, para vivermos a plenitude da visão de pequenos grupos.

3) HUMILDADE PARA RECEBER A VISÃO DO JEITO QUE ELA VEM, SEM QUERER MUDAR OS MÉTODOS - vs. 23b - Jesus trouxe a visão àquele homem de uma maneira muito controvertida (passando saliva nos seus olhos). Mesmo assim, ele não discutiu e nem tentou mudar o método do Senhor. Da mesma maneira devemos aprender a praticar a visão com nossos líderes, sem a pretensão de mudar as coisas e adequar tudo ao nosso gosto.

4) FÉ PARA VER O POTENCIAL DE FRUTIFICAÇÃO NAS PESSOAS - vs. 24 - Quando recebeu a visão de Deus, o cego de Betsaida começou a enxergar as pessoas como árvore. Isso deve acontecer conosco também. Precisamos exercer fé para ver o potencial de frutificação em cada pessoa, independente se é homem ou mulher, jovem ou adulto, pobre ou rico, culto ou iletrado. Para nós, todos devem ser vistos como árvores frutíferas.

5) SENSIBILIDADE PARA CUIDAR DE GENTE COMO GENTE - vs. 25 - A visão só está completa em nós quando enxergamos gente como gente. É importante ver a todos como árvores, mas é importante também ver a todos como gente, pessoas que têm carências e necessidades e precisam do nosso cuidado, principalmente de libertação.

6) PERSEVERANÇA PARA PERMANECER NA ABUNDÂNCIA DA VISÃO - vs. 26 - Depois de dar-lhe a visão, Jesus ordenou ao homem que não entrasse na aldeia, ou seja, não voltasse à velha rotina de "homem sem visão". A perseverança é a marca que Deus espera daqueles que recebem a visão. Assim, cada líder, cada participante do grupo familiar deve e precisa se motivar e confiar no chamado do Senhor para essa missão de alcançar as famílias com a palavra de Deus.


CONCLUSÃO - Hoje analisamos parte da trajetória de um homem que teve sua vida radicalmente mudada porque aceitou ser conduzido até Jesus. Deixe Cristo mudar a sua vida também.

A UM PASSO DA QUEDA

Texto: Salmos 73:1-3. DATA: 12.09.2017

INTRODUÇÃO - Você já ouviu falar do "Salmo do Quase"? Pois no Salmo 73, Asafe, um ministro de adoração levantado pelo Senhor, conta que, embora fosse um crente maduro, houve um período em que seus pés "quase se desviaram e faltou pouco para sua queda". Vamos analisar este Salmo e descobrir o que pode fazer um crente tropeçar e o que pode restaurar a sua firmeza em Deus:

1) A INVEJA E A COBIÇA PODEM ENFRAQUECER UM HOMEM DEUS - vs. 3 - Asafe confessa que ele tinha inveja ao ver a aparente prosperidade dos ímpios (pessoas que não servem a Deus). Isso é terrível, pois pode levar o cristão a viver amargamente, questionar a justiça de Deus e deixar de priorizar a vida espiritual para correr atrás das riquezas - Leia também I Tm 6:9-10.

2) A VISÃO MATERIALISTA ABRE BRECHAS PARA UM ESPÍRITO DE ENGANO - vs. 4-9 e 12 - Ao deixar seu coração olhar apenas para o exterior na vida de algumas pessoas sem Deus, Asafe passou a enxergar distorcidamente, como se dinheiro ou saúde fosse suficiente para trazer felicidade. Só depois de algum tempo ele caiu em si e se deu conta de que na verdade, as riquezas sem Deus são um laço que prende as pessoas e as leva para o inferno - leia também os vs. 18-20.

3) O IMEDIATISMO PODE NOS LEVAR A ABRIR MÃO DE UMA VIDA DE SANTIDADE - vs. 13-14 - Mergulhado em sua crise, Asafe chegou à conclusão que não valia à pena ser um homem santo e honesto. Isso acontece com muitos cristãos também hoje. Ao ver que pessoas ganham dinheiro mentindo, sonegando impostos, roubando os dízimos do Senhor e, querendo prosperar rapidamente, abrem mão da fidelidade a Deus e passam a agir como os descrentes.

4) SER QUESTIONADOR E QUERER ENTENDER TUDO SÓ TRARÁ CONFUSÃO A NOSSA ALMA - vs. 16 - Asafe ficou perturbado porque ele queria uma explicação para tudo o que acontecia ao seu redor. Essa é uma atitude de arrogância, quando achamos que Deus tem que nos dar satisfação de tudo o que Ele faz e nos esquecemos de que Ele é Soberano - Leia também Dt 29:29.

5) SÓ SOMOS LIVRES DESSE TIPO DE CRISE QUANDO ENTRAMOS NA PRESENÇA DO SENHOR E VOLTAMOS A CONFIAR NELE - vs. 17-18, 28 - Asafe só voltou a enxergar as coisas de maneira correta quando entrou no santuário de Deus, ou seja, quando buscou o Senhor. Aí ele viu que o aparente sucesso dos que não servem a Deus é temporário e enganoso; e voltou a viver pela fé, colocando no Senhor a sua confiança e pregando a Palavra.

CONCLUSÃO - Ninguém é realmente feliz sem uma experiência com Cristo. Para ter essa experiência, precisamos invocá-lo e fazer uma aliança com Ele. Talvez você faça parte de uma igreja há muito tempo, mas nunca tenha tomado a decisão de aceitar Jesus Cristo como seu verdadeiro salvador. E mesmo na igreja, você pode está caminhando para o inferno.

Fonte: pt.scribd.com

O PREÇO PARA RECEBER A VISÃO

TEMA: . Texto: Marcos 8:22-26. DATA: 19.09.2017

INTRODUÇÃO – Dezenas de pessoa foram salvas na CEPEA nos últimos anos através do trabalho de evangelização por meio dos grupos familiares. Hoje, todos são desafiados a se tornarem líderes e viverem a visão. O que se percebe, porém, é que muitos recebem a visão em seu espírito e se movem por ela alegremente, enquanto alguns não a recebem (simplesmente a obedecem ou nem isso). Vamos entender através da ilustração do texto que lemos o que é necessário para recebermos a visão de GF

1) QUEBRANTAMENTO PARA SER GUIADO - vs. 22 - Aquele cego foi levado a Jesus (a Fonte da Visão) por alguém que conhecia o caminho (já tinha a visão). Assim nós, precisamos ser quebrantados o suficiente para aceitarmos a influência de uma pessoa e nos deixarmos guiar por ela (meu consolidador, meu líder do GF, meu discipulador).

2) DISPOSIÇÃO PARA DEIXAR A VELHA ROTINA E A VELHA MENTALIDADE - vs. 23a - A primeira coisa que Jesus fez foi tirar o cego da aldeia, do lugar onde ele estava acostumado a viver sem visão. Nós também temos que ter essa disposição para mudar nossos hábitos, nossa agenda, nossa mentalidade, para vivermos a plenitude da visão de pequenos grupos.

3) HUMILDADE PARA RECEBER A VISÃO DO JEITO QUE ELA VEM, SEM QUERER MUDAR OS MÉTODOS - vs. 23b - Jesus trouxe a visão àquele homem de uma maneira muito controvertida (passando saliva nos seus olhos). Mesmo assim, ele não discutiu e nem tentou mudar o método do Senhor. Da mesma maneira devemos aprender a praticar a visão com nossos líderes, sem a pretensão de mudar as coisas e adequar tudo ao nosso gosto.

4) FÉ PARA VER O POTENCIAL DE FRUTIFICAÇÃO NAS PESSOAS - vs. 24 - Quando recebeu a visão de Deus, o cego de Betsaida começou a enxergar as pessoas como árvore. Isso deve acontecer conosco também. Precisamos exercer fé para ver o potencial de frutificação em cada pessoa, independente se é homem ou mulher, jovem ou adulto, pobre ou rico, culto ou iletrado. Para nós, todos devem ser vistos como árvores frutíferas.

5) SENSIBILIDADE PARA CUIDAR DE GENTE COMO GENTE - vs. 25 - A visão só está completa em nós quando enxergamos gente como gente. É importante ver a todos como árvores, mas é importante também ver a todos como gente, pessoas que têm carências e necessidades e precisam do nosso cuidado, principalmente de libertação.

6) PERSEVERANÇA PARA PERMANECER NA ABUNDÂNCIA DA VISÃO - vs. 26 - Depois de dar-lhe a visão, Jesus ordenou ao homem que não entrasse na aldeia, ou seja, não voltasse à velha rotina de "homem sem visão". A perseverança é a marca que Deus espera daqueles que recebem a visão. Assim, cada líder, cada participante do grupo familiar deve e precisa se motivar e confiar no chamado do Senhor para essa missão de alcançar as famílias com a palavra de Deus.

CONCLUSÃO - Hoje analisamos parte da trajetória de um homem que teve sua vida radicalmente mudada porque aceitou ser conduzido até Jesus. Deixe Cristo mudar a sua vida também.

A UM PASSO DA QUEDA

Texto: Salmos 73:1-3. DATA: 12.09.2017

INTRODUÇÃO - Você já ouviu falar do "Salmo do Quase"? Pois no Salmo 73, Asafe, um ministro de adoração levantado pelo Senhor, conta que, embora fosse um crente maduro, houve um período em que seus pés "quase se desviaram e faltou pouco para sua queda". Vamos analisar este Salmo e descobrir o que pode fazer um crente tropeçar e o que pode restaurar a sua firmeza em Deus:

1) A INVEJA E A COBIÇA PODEM ENFRAQUECER UM HOMEM DEUS - vs. 3 - Asafe confessa que ele tinha inveja ao ver a aparente prosperidade dos ímpios (pessoas que não servem a Deus). Isso é terrível, pois pode levar o cristão a viver amargamente, questionar a justiça de Deus e deixar de priorizar a vida espiritual para correr atrás das riquezas - Leia também I Tm 6:9-10.

2) A VISÃO MATERIALISTA ABRE BRECHAS PARA UM ESPÍRITO DE ENGANO - vs. 4-9 e 12 - Ao deixar seu coração olhar apenas para o exterior na vida de algumas pessoas sem Deus, Asafe passou a enxergar distorcidamente, como se dinheiro ou saúde fosse suficiente para trazer felicidade. Só depois de algum tempo ele caiu em si e se deu conta de que na verdade, as riquezas sem Deus são um laço que prende as pessoas e as leva para o inferno - leia também os vs. 18-20.

3) O IMEDIATISMO PODE NOS LEVAR A ABRIR MÃO DE UMA VIDA DE SANTIDADE - vs. 13-14 - Mergulhado em sua crise, Asafe chegou à conclusão que não valia à pena ser um homem santo e honesto. Isso acontece com muitos cristãos também hoje. Ao ver que pessoas ganham dinheiro mentindo, sonegando impostos, roubando os dízimos do Senhor e, querendo prosperar rapidamente, abrem mão da fidelidade a Deus e passam a agir como os descrentes.
4) SER QUESTIONADOR E QUERER ENTENDER TUDO SÓ TRARÁ CONFUSÃO A NOSSA ALMA - vs. 16 - Asafe ficou perturbado porque ele queria uma explicação para tudo o que acontecia ao seu redor. Essa é uma atitude de arrogância, quando achamos que Deus tem que nos dar satisfação de tudo o que Ele faz e nos esquecemos de que Ele é Soberano - Leia também Dt 29:29.

5) SÓ SOMOS LIVRES DESSE TIPO DE CRISE QUANDO ENTRAMOS NA PRESENÇA DO SENHOR E VOLTAMOS A CONFIAR NELE - vs. 17-18, 28 - Asafe só voltou a enxergar as coisas de maneira correta quando entrou no santuário de Deus, ou seja, quando buscou o Senhor. Aí ele viu que o aparente sucesso dos que não servem a Deus é temporário e enganoso; e voltou a viver pela fé, colocando no Senhor a sua confiança e pregando a Palavra.

CONCLUSÃO - Ninguém é realmente feliz sem uma experiência com Cristo. Para ter essa experiência, precisamos invocá-lo e fazer uma aliança com Ele. Talvez você faça parte de uma igreja há muito tempo, mas nunca tenha tomado a decisão de aceitar Jesus Cristo como seu verdadeiro salvador. E mesmo na igreja, você pode está caminhando para o inferno.

Fonte: pt.scribd.com

A PURIFICAÇÃO DO TEMPLO

TEXTO: Mateus 21:12-17. DATA: 05.09.2017

INTRODUÇÃO - Depois de entrar em Jerusalém e ser aclamado pela multidão, com o coro: “Hosana ao Filho de Davi (...)” e ”este é o profeta Jesus, de Nazaré da Galileia” (Mt 21:9, 11), Jesus entrou no templo do Senhor (v. 12) e encontrou um grande comércio ali instalado. Por isso, ele chamou a responsabilidade para si ao expulsar todos os envolvidos.

VAMOS VER O QUE ACONTECEU NAQUELE LUGAR?

I. JESUS EXPULSA OS ENROLÕES DO TEMPLO – V. 12: Esta é uma das poucas vezes que o Novo Testamento registra a ira de Jesus Cristo. Ele não suportou aqueles cambistas e virou mesas e cadeiras como forma de repudiar aquela prática condenada no Antigo Testamento (Jeremias 7:11) e limpar a casa de Deus. O que estava acontecendo aqui é que estavam abusando do comércio de sacrifícios, com os cambistas e outros mercadores fazendo transações fraudulentas. Isso estava atrapalhando a adoração a Deus. E, ao entrar no templo, Jesus derrubou tudo aquilo que estiva atrapalhando a adoração a Deus. Sem dúvida, aonde Jesus entra há transformações, aleluia!

II. JESUS AFIRMA: O TEMPLO É CASA DE ORAÇÃO – v. 13: Jesus vai direto ao assunto. “Vocês transformaram a casa de Deus em covil de salteadores”. Quando a casa de Deus, que foi estabelecida para ser uma “casa de oração para todas as nações”, transforma-se num covil de salteadores, então, é uma completa desgraça. A casa de Deus se transforma em covil de salteadores quando a boa vontade descamba para a sórdida ganância (1 Pe 5.2). Às vezes não crescemos e não fazemos a casa de Deus crescer por conta da ganância.

III. O TEMPLO É LUGAR DE MILAGRES – v. 14: Jesus mostra aos judeus a utilidade da Casa de Deus, sendo este um lugar de milagres. Os próprios sacerdotes e escribas viram as maravilhas que Jesus fez ao curar cegos e coxos que foram ao templo adorar a Deus. Não temos dúvidas: Onde Jesus está alguma coisa maravilha acontece na vida dos que creem no poder Dele. Por que, hoje, não temos visto tantos milagres na casa de Deus?

IV. O TEMPLO É LUGAR DE ADORAÇÃO – vs. 15-16: Jesus contemplou, ali, a adoração feita por crianças. Os próprios escribas ficaram indignados, pois Jesus fazia as maravilhas e as crianças diziam: “Hosana ao Filho de Davi”. Então perguntaram a Cristo: Tu ouves o que elas estão dizendo? Ao que ele respondeu: Sim.  Um louvor só será um louvor genuíno quando sai de um coração de uma pessoa grata a Deus. P. Você é uma pessoa feliz com Deus? Você trabalha pra Deus por amor à Obra? Pense e reflita. É você e Deus!


CONCLUSÃO - Assim como a casa de Deus, invadida por ladrões e salteadores, foi purificada por Jesus Cristo assim somos nós, templo de morada do Espírito Santo. Precisamos ser purificado dos nossos pecados, do ódio, do rancor, da soberba, do orgulho.

Autor: Pastor Gomes Silva

Grupo Familiar comemora aniversário de Jéssika


Membros do grupo familiar, liderado pela irmã Maria Melo, participaram das comemorações do aniversário da jovem Jéssica, filha do casal Ginaldo & Ceiça.

houve um momento de oração, pregação da Palavra de Deus e uma conversa diferente com a aniversariante, que respondeu a diversas perguntas, cujas respostas foram coerentes e sinceras.

Estiveram presentes as irmãs Maria Melo, Eliane Agra, Cristina e sua filha Amanda e o pastor Gomes Silva. Foi um momento de descontração, aliada à alegria da aniversariante.

CEPEA comemora dia do obreiro com jantar


Com jantar de confraternização, a Comunidade Evangélica Pentecostal Expressão de Amor (CEPEA), em Alagoa Grande(PB), comemorou o Dia do Obreiro.

Este ano, ao contrário dos anos anteriores, o jantar aconteceu no dia 23 de setembro, uma semana depois do normal. Mas, foi um momento maravilhoso, quando vários membros participaram e com alegria festejaram o Dia do Obreiro (todos aqueles que trabalham na obra do Senhor pela CEPEA), assim como irmãos de outras denominações cristãs que atenderam ao convite.

O pastor Gomes Silva ministrou a Palavra de Deus enaltecendo o trabalho que vem sendo desenvolvido na CEPEA, mas despertou a lembrança de todos quanto às prioridades na vida de cada um e convidou a todos para trabalhar para o Senhor de quem vem a recompensa.

AGRADECIMENTO
A direção da CEPEA agradece a todas as pessoas que se envolveram com o jantar de confraternização sob a responsabilidade da União Feminina.
De acordo com a presidente da UNIFEA, Eliane Agra, a participaação da igreja foi importante para êxito da promoção.
- Só temos que agradecer a todas as pessoas que contribuíram direta e indiretamente para esse comento de unidade da CEPEA -, disse Eliane.

Da Redação

quinta-feira, 5 de outubro de 2017

André é surpreendido com homenagem da CEPEA



André, esposo da irmã Patrícia, não esperava a presença de uma equipe de irmãos da CEPEA na noite desta quinta-feira (05), embora sua esposa esteja se recuperando de uma cirurgia.

Ao chegar ao convívio da família na tarde/noite desta quinta, André encontrou bandejas de salgadinhos, mas não desconfiou de nada, uma vez que tomou conhecimento de que havia uma festança na escola de uma das filhas de Patrícia.

Mais tarde, quando foi à porta para os cepeanos entrarem, André foi surpreendido com “parabéns pra você...”. Em seguida, o pastor Gomes Silva fez uma oração seguida pela sessão de fotos e pelo comes-e-bebes. 

OUTUBRO

DATA
ANIVERSARIANTES
04/10
ADENILTON DOS SANTOS SILVA
08/10
CESAR HENRIQUE PINHEIRO DE LIMA
17/10
JÉSSICA CAROLINE CHAVES DA SILVA
18/10
MARIA DAGUIA PEREIRA DE MELO AGRA
20/10
DANIEL RENAN ISIDRO DA SILVA
21/10
MARIA JOSÉ MARTINS DE MELO
22/10
ALEFE DE LIMA PINHEIRO
29/10
JUCIANE DE LIMA BARROS

domingo, 3 de setembro de 2017

A ESCOLHA DO COMPROMISSO COM  DEUS

TEXTO: EXODO 3:16-22. DATA: 22.08.2017

INTRODUÇÃO - Há pelo menos cinco barreiras que nos impedem de assumir um compromisso com Deus e sua igreja:

1. Orgulho. Orgulho é a maior barreira. Ele nos impede de admitir que precisamos de ajuda. Quantas pessoas nós conhecemos que se recusam a pedir ou mesmo aceitar ajuda? A Bíblia diz: “Quando vem o orgulho, chega a desgraça, mas a sabedoria está com os humildes” (Pv 11:2) “O Senhor detesta os orgulhosos de coração. Sem dúvida serão punidos” (Pv 16:5) Mas Deus nos ama tanto que não permitirá que o orgulho continue nos separando Dele. Assim, Ele permite situações de conflito e dor com a finalidade de quebrar o nosso orgulho e nos aproximar Dele. Pergunta: Você já passou, ou está passando por uma situação muito difícil que o levou a se aproximar mais de Deus?

2. Culpa. A culpa pode me impedir de fazer um compromisso com Jesus e a sua igreja porque posso me sentir tão envergonhado, ou às vezes até indigno, que não consigo nem pedir Sua ajuda. “Pois incontáveis problemas me cercam, as minhas culpas me alcançaram e já não consigo ver. Mais numerosos são que os cabelos da minha cabeça, e o meu coração perdeu o ânimo”. (Salmo 40.12) Este salmo diz que posso sentir tanta culpa que até perco o ânimo no coração. Ou seja, já errei tanto, já pedi perdão tantas vezes e já fiz tantas promessas de que nunca mais faria aquilo novamente, e quebrei esta promessa tantas vezes, que nem tenho mais ânimo e coragem de pedir a ajuda de Deus. Sinto vergonha de pedir a Deus que me perdoe. Veja o a Bíblia diz: LER 1 João 1.9 e Salmo 32.5) Não há um pecado, um hábito, um desvio de comportamento ou um vício que Deus não possa perdoar.

3. Medo. Muitos evitam um compromisso com Jesus porque tem medo do preço desta decisão. Muitos temem que se derem sua vida a Cristo, terão que abandonar muitas coisas. Muitos não querem ninguém controlando sua vida. Como já vimos, querem continuar sendo o “deus” da sua própria vida e poder fazer o que bem entendem. Mas o fato é que todos nós somos controlados por algo ou alguém, e aí é que está o problema e o engano. Muitos são controlados pela opinião dos outros, outros são controlados por mágoas que não conseguem esquecer, outros por maus hábitos e vícios, por inveja, por luxúria, memórias do passado; sem Deus somos todos controlados por nossa natureza pecaminosa, e alguns até por espíritos malignos. Precisamos ser honestos e admitir que somos controlados por muitas coisas. Então podemos definir o que liberdade realmente significa. Liberdade é escolher quem nos controla. LER: João 8. 31-36).

Perguntas: a) Honestamente, do que você tem medo de acontecer contigo se entregares a vida a Cristo? b) do que tem medo de perder? Um relacionamento? Um hábito pecaminoso? Um estilo de vida?

4. Preocupação. Muitos se preocupam com o que os outros vão pensar. Mas a maioria se preocupa mesmo é se serão capazes de manter uma decisão como esta no longo prazo, de entregar-se a Jesus e segui-lo pra valer. Mas não devemos nos preocupar, pois Deus tem uma mão forte; se dermos nossa mão a Ele, Ele nunca nos soltará, porque Ele é nosso Pai e nos ama. E Ele mesmo nos capacitará para segui-lo e completará a obra que começou em nossa vida. Então, não se preocupe. Nele você pode confiar. “Estou convencido de que aquele que começou boa obra em vocês vai completá-la até o dia de Cristo Jesus”. (Filipenses 1.6)

5. Dúvida. Muitos dizem “eu quero acreditar, eu quero confiar em Deus, mas a minha fé parece que é muito pequena. Tenho muitas dúvidas, tenho muitas questões que não entendo”. A Bíblia conta a respeito de um pai que pede a Jesus para curar seu filho e Jesus lhe diz: “Tudo é possível àquele que crê.” Imediatamente o pai do menino exclamou: “Creio, ajuda-me a vencer a minha incredulidade!” (Marcos 9.23-24). E Jesus curou aquele menino. Você não precisa ter uma fé enorme, mas precisa colocar a sua fé na pessoa certa, colocá-la em Cristo. Ele o ajudará a crescer em fé.

Perguntas para discussão: 1. Qual das cinco barreiras te impede de um compromisso com Deus: Orgulho, culpa, preocupação, medo ou dúvida?

2. Considerando o verso “Venham a mim, todos os que estão cansados e sobrecarregados, e eu lhes darei descanso”(Mateus 11.28), em que área de sua vida você sente que precisa de descanso urgentemente?

terça-feira, 15 de agosto de 2017

CELEBRAÇÃO NA IGREJA


TEXTO
: EXODO 3:16-22. DATA: 15.08.2017
INTRODUÇÃO
Na leitura do texto-base: Êxodo 3.16-22, podemos perceber que Deus tinha um plano completo a ser executado: Ele via tudo o que estava acontecendo com os israelitas no Egito; Declara que quer libertar o povo da escravidão; Ordena a Moisés confrontar o faraó e antecipa que haverá resistência; Declara que os hebreus não sairiam de mãos vazias;  Libertaria o povo porque tinha um propósito para eles. Qual seria esse propósito? O Senhor deixou muito claro que um dos propósitos que ele tinha era que o povo celebrasse uma festa a Ele no deserto (cf. Êxodo 5.1). O que aconteceu assim que a libertação e a restituição se concretizaram? O povo foi celebrar uma festa a Deus no deserto. VEJAMOS como foi:

1. A CELEBRAÇÃO NO DESERTO (ÊXODO 15.1-21)
Eles entoaram um cântico para celebrar o triunfo do Senhor, descrevendo a maravilhosa vitória. Oferecer cânticos ao Senhor é algo tremendamente espiritual. Eles ficaram conhecendo o Deus que se manifestava como YHWH, o SENHOR. Até então, eles conheciam o El-Shadai, o Deus todo-poderoso. Mas agora eles conheceriam a Iavé, o Deus verdadeiro, que habita no meio do seu povo, guiando e manifestando graça (cf. Êxodo 6.3). Eles pronunciaram 13 vezes o nome SENHOR no cântico. Só quem conhece o Deus verdadeiro vai celebrá-lo; Eles reconheceram que o Senhor fez tudo, que não tinham forças nem condições de fazê-lo;  Eles louvaram e exaltaram a Deus, mencionando sua santidade, seus feitos e sua unicidade. É o que a igreja deve fazer.

2. A CELEBRAÇÃO ESTÁ NO CENTRO DO CAMINHO DE JESUS
Jesus entrou no mundo com um toque de intenso júbilo: “Mas o anjo lhes disse: “Não tenham medo. Estou lhes trazendo boas novas de grande alegria, que são para todo o povo” (Lucas 2.10). Jesus saiu deste mundo deixando uma herança para os discípulos: “Tenho lhes dito estas palavras para que a minha alegria esteja em vocês e a alegria de vocês seja completa” (João 15.11). Jesus caracterizou seu ministério como um ano de Jubileu, que era um tempo de celebração e alegria. No ano do jubileu as dívidas eram canceladas, os escravos eram libertos, as propriedades eram devolvidas aos primeiros donos. Havia gritos de júbilo e as trombetas tocavam, quando se anunciava a ano do jubileu (Salmos 89.15-17). Havia celebração em toda a nação. Jesus veio para proclamar o ano da bondade do Senhor e o dia da vingança do nosso Deus. Haveria alegria em toda a nação. Glória a Deus!

3. A CELEBRAÇÃO ESTÁ RELACIONADA À ALEGRIA
Comer com alegria: “Diariamente perseveravam unânimes no templo, partiam pão de casa em casa e tomavam as suas refeições com alegria e singeleza de coração (Atos 2.46);

Dar com alegria: “Cada um contribua segundo tiver proposto no coração, não com tristeza ou por necessidade; porque Deus ama a quem dá com alegria” (LER 2 Coríntios 9.7). Antes de convertidos, muitos mantinham o bar, a prostituição, restaurantes, a farmácia, a jogatina e etc. Hoje, muitos desses convertidos estão se negando a manter a casa do Senhor com seus dízimos e suas ofertas.

Passar por tribulações com alegria: “Meus irmãos, tende por motivo de toda alegria o passardes por várias provações” (Tiago 1.2). Quando passares por tribulação dê um sorrido para o tempo, pois Deus está prestes a mudar essa situação!

Ter comunhão com Deus com alegria: “Estas coisas, pois, vos escrevemos para que a nossa alegria seja completa” (1João 1.4). Escute a palavra com alegria, participe do GF com alegria, vá à igreja com alegria, e sirva a Deus com alegria.

Andar alegre pelos testemunhos: “Fiquei sobremodo alegre em ter encontrado dentre os teus filhos os que andam na verdade, de acordo com o mandamento que recebemos da parte do Pai” - 2 João 4. Seja testemunha de Jesus na sua vida.

Dar fruto de alegria: “Mas o fruto do Espírito é: amor, alegria, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fidelidade” (Gálatas 5.22). Deixe o Senhor mudar sua história. Ele tem como mudar sua vida e te dá muitas alegrias.

CONCLUSÃO
O que Deus quer de nós hoje? O Deus do evangelho é um Deus alegre e a sua alegria faz parte de sua salvação. Assim, ele deseja hoje: Que tiremos água das fontes da salvação com alegria. O Deus da alegria é quem fomenta a nossa festa de celebração. Ele quer que seus filhos usufruam tudo aquilo que Jesus conquistou para nós. Por isto o profeta declara: “Vós, com alegria, tirareis água das fontes da salvação” (Isaías 12.3). Fonte: Igreja Batista - BH