Rua: Sátyro Coelho, S/nº - CEHAP 1 / Alagoa Grande - Paraíba - Tel. (83) 9|9819 - 1909; 9|9149 - 3893 e 9|8215 - 1919 (whatsapp)

quarta-feira, 13 de dezembro de 2017

Membros da CEPEA fazem avaliação sobre GFs e dão sugestões para 2018


Participantes dos grupos familiares da CEPEA vêm se reunindo todas as terças-feiras de dezembro avaliando o trabalho que fora desenvolvido em 2017 e vislumbrando 2018. Na noite desta terça-feira (12), a reunião aconteceu na residência do casal Jeferson & Kaline, ocasião em que estiveram presentes líderes, có-líderes e outras pessoas que frequentaram os pequenos grupos durante este ano e anos anteriores.

Durante a reunião, o pastor Gomes Silva apresentou dois vídeos mostrando o trabalho de pequenos grupos que é realizado em outras igrejas do Brasil e um vídeo mostrando a unidade dos pinguins diante dos obstáculos, um exemplo para a igreja.

Em seguida, todos os presentes apresentaram sugestões para os grupos familiares bem como para o crescimento espiritual e numérico da igreja em 2018, conforme a vontade do Senhor.

Entre as sugestões para os GFs estão a comemoração de aniversários dos membros nos próprios grupos familiares, a confecção de blusas padronizadas, a criação de pequenos grupos para jovens e adolescentes e a valorização das dinâmicas.

Quanto à igreja foi sugerida a realização de vigílias, a criação de um coral e maior participação da igreja na evangelização.

Todas as sugestões serão analisadas e colocadas em prática aquelas forem viáveis dentro do contexto em que a CEPEA está inserida e, principalmente, se estiver na vontade de Deus.


Da redação

terça-feira, 12 de dezembro de 2017

Dezenas de crianças participam de culto na CEPEA


  Neste sábado (10), a Comunidade Evangélica Pentecostal Expressão de Amor (CEPEA), promoveu um momento específico para criança. O garoto Gabriel, da Igreja Evangélica Assembleia de Deus, serviu de exemplo para a meninada louvando ao Senhor. Já a professora Kilma ministrou a Palavra de Deus.

Pela primeira vez, na CEPEA, aconteceu um culto para criança em plena noite de sábado. E deu certo. Vários garotos prestigiaram a promoção. Eles cantaram, participaram de gincana e brincaram através de louvores entoados pela irmã Kilma.

Além das crianças, vários adultos foram prestigiar o culto kid, a exemplo do cantor Wellington Melo, que também fez uma participação especial.

“Foi uma experiência exitosa, que repetiremos em 2018, quando retornarmos para o templo, que está sendo ampliado”, destacou o pastor Gomes Silva.
Momento em que algumas crianças participam de brincadeira com a irmã Kilma louvando a Deus
Vários adultos foram prestigiar o trabalho das crianças
Momento de diálogo entre o pastor Gomes e algumas crianças com relação à entrega de premiação
O cantor Wellington Melo também foi prestigiar o trabalho das crianças e fez uma participação especial
Da Redação 

terça-feira, 21 de novembro de 2017

Um final cheio da graça de Deus

Momento marcante: UFEBRAC, da Brasil Para Cristo, louva a Deus para a UNIFEA fazer a apresentação do gesto

Emocionante sob todos os aspectos é o que se pode concluir em relação ao encerramento das festividades alusivas ao 7º aniversário da União Feminina Expressão de Amor (UNIFEA), aconteceu na noite desta segunda-feira (20).

Louvor da UNIFEA
Do encerramento participaram os grupos da União Feminina O Brasil Para a Cristo (UFEBRAC), da Igreja Evangélica Pentecostal O Brasil Para Cristo; Sementes de Fé, da Igreja O Caminho da Graça de Deus; e   Mulheres da Bênção, da Igreja Casa da Benção, de Campina Grande. Entre os pastores, José Melquíades, da Igreja Primitiva; e Vinícius Gonçalves, da Igreja O Caminho da Graça de Deus, além do diácono Genildo, da Igreja O Brasil Para Cristo.

A UNIFEA teve várias participações: Louvor congregacional, hino da harpa, gestos, dízimos e ofertas e o grupo de louvor.

Um dos momentos mais emocionantes do culto foi quando a UNIFEA fez o gesto acompanha pela UFEBRAC, da Igreja O Brasil Para Cristo. O mover do Espírito Santo foi real na vida de muita gente ali presente enquanto outras iam às lágrimas.

Os pastores Melquíades e Vinícius Gonçalves receberam oportunidade para expressar uma porção da Palavra de Deus.

Missi. Andrea Froes - Ministrando a Palavra de Deus
PREGAÇÃO
A missionária Andrea Froes, da Igreja Casa da Bênção (CG), ministrou a Palavra de Deus sob o tema: “Mulheres de Joelhos, Casa de Pé” (Provérbio 14:1).

Inicialmente, a missionária enfatizou a responsabilidade de uma mulher de pastor, cuja maioria não é conhecida pelo nome, mas pela “mulher do pastor”. Em seguida, destacou a importância da oração, levando os presentes a refletirem sob a vida de Marta e Maria, principalmente “Maria”, que preferiu estar aos pés de Jesus, diferentemente de Marta.

Após ler Provérbio 14:1, Andrea Froes falou sobre as mulheres voltadas para o bem e as que são voltadas para o mau. A primeira edifica a sua casa debaixo de oração e a Palavra de Deus enquanto a segunda destrói a sua família e seu relacionamento conjugal.

“Todas nós, que conhecemos a Jesus Cristo, somos transformados em nosso caráter pelo Espírito Santo”, afirmou a missionária, segunda a qual “a igreja está cheia de pessoas sem caráter: Tem roupa de crente, cheio de crente, cabelo de crente, jeito de crente, mas não tem caráter espiritual nem atitude de crente”.

HOMENAGEM
Ao final do culto, o irmão Cláudio Roberto, da Igreja Batista, pediu cinco minutos para contar uma história, que levou algumas adolescentes às lágrimas. Ele chamou a esposa, Gilene de Oliveira Silva, e lhe fez uma homenagem emocionante, relatando o dia em que ela pegou as suas roupas e jogou dentro d’água justamente porque ele ia à igreja. Naquele dia, segundo ele, Deus o fez sábio... Nada respondeu. Anos depois Gilene entrou sua vida a Jesus e hoje vivem em paz.

“Assim como a mulher que resultou no tema desta festa, assim que fui sábio naquele dia e acabei ganhar minha esposa para Jesus”, disse Cláudio Roberto.

Em seguida, o pastor Gomes Silva ungiu os dois e fez uma oração com sua esposa, irmã Eliza, rogando a Deus as bênçãos sobre o casal.
União Feminina Expressão de Amor - UNIFEA

Grupo Sementes de Fé -  Igreja O Caminho da Graça de Deus

Mulheres da Bênção - Igreja Casa da Benção

UFEBRAC - Igreja Evangélica Pentecostal O Brasil Para Cristo


Da redação

domingo, 19 de novembro de 2017

Missionária campinense abre o 7º Aniversário da UNIFEA

Grupo de Senhoras da CEPEAPB\
A missionária Maria Conceição Araújo (Ceiça), da Igreja Congregacional Nova Aliança, do bairro das Malvinas em Campina Grande, foi a preletora da abertura do 7º aniversário da União Feminina Expressão de Amor (UNIFEA). A festa começou neste domingo, com término previsto para esta segunda-feira (20/11).
O tema escolhido pelas mulheres para este ano foi: “Mulheres de Joelhos, Casa de Pé”, com base no texto de Provérbios 14.1: “A mulher sábia edifica a sua casa”.

Na abertura, apenas grupos e irmãos da igreja participaram do culto. Houve apresentação das crianças, jovens e da União Feminina, além do trio: Cristina, Kaline e Jéssica Agra, com Odilon Geminiano no teclado.

PREGAÇÃO
Em sua homilia, a missionária Ceiça abordou o tema no texto citado, porém, centrado na história de duas mulheres: Agar e Sara e seus respectivos filhos (Gênesis 21:9-21).

Missionária CEIÇA-CG
Destacou a preletora, que Agar sempre foi a segunda, numa terra diferente, uma vez que ela era egípcia, de onde seguiu Abraão por onde o mesmo andasse. Mas isso era porque Agar era “empregada” de Sara.

Como era comum naquela época, Sarai era dona de Agar e, como dona de uma mulher, dona também de qualquer filho que ela tivesse. E foi justamente isto que aconteceu. Tempos depois, diante da humilhação que estava enfrentando, Deus manda Abraão mandar Agar embora. Mas ele só fez isso porque Deus falou com ele.

“Com isso entendo, que não devemos expulsar ninguém de nossas vidas, sem que Deus nos fale. Não devemos desistir das pessoas que estão ao nosso lado. Quantas vezes não tem dado vontade de mandar as pessoas desaparecerem? Mas temos que esperar no Senhor”, disse Ela.
Grupo de jovens
No deserto, que ela não o conhecia, Agar passou por momentos de dificuldades, chegando a colocar o filho Ismael debaixo de uma árvore e o anjo falou para Agar afirmando que Deus havia ouvido o choro da criança. E garantiu que de Ismael o Senhor faria uma grande nação. E foi o que aconteceu. A promessa do Anjo foi cumprida, Ismael se tornou o patriarca de um dos maiores povos do mundo, mas tudo foi feito pelas mãos de sua mãe.
Da mesma forma, Sara teve um filho a quem deram o nome de Isaque, que era rival de Ismael. Daí veio a separação. Isaque representa Israel e Ismael, representa o povo árabe.

TERMINO
Nesta segunda-feira (20/11), acontecerá o encerramento do 7º aniversário da UNIFEA, contando com a participação de grupos de igrejas de Alagoa Grande e da Casa da Bênção de Campina Grande.

Para a ministrar a Palavra de Deus, a UNIFEA convidou a missionária Andrea Froes, da Igreja Casa da Bênção de Campina Grande.


Da Redação